domingo, 29 de dezembro de 2013

IX Parte, Compreendendo Nostradamus.



Parte 9

Continuação.

Alois Irlmaier relatou em suas profecias que a ilha da Bretanha ou a Inglaterra também seria atacada, mas só que a bomba cairá no mar provavelmente no canal da Mancha entre França, Bélgica e Holanda. Levantara um turbilhão de água e estas águas adentra-la no rio Tamisa e inundará a cidade de Londres capital da Inglaterra.

É provável que esta mesma inundação atinja a costa da França, Holanda e Bélgica.


"Um avião solitário que vem do leste joga algo na grande água. Então a água se levanta tão alta como uma torre e cai. Tudo é inundado. Acontece um terremoto. A parte sul da Inglaterra desliza para dentro da água. Três grandes cidades serão destruídas; uma será destruída pela água, a segunda está tão localizada no alto mar que você só consegue ver a torre da igreja e a terceira cai."

"Uma parte da Inglaterra desaparece, quando a coisa cai no mar, a coisa que o piloto joga. A água se levanta tão alta como uma torre e cai. Quando isto vai acontecer, eu não sei..."

"Os países costeiros estão em perigo por causa da água, o mar está muito agitado, as ondas se levantam tão altas como uma casa; e ferve como se fosse cozinhar e ferver o que está dentro da água. A ilha desaparece, o clima muda. Parte da orgulhosa ilha afunda, se esta coisa cai no mar, a coisa que o piloto joga. Então a água se levanta tão alta como uma torre e cai. O que está coisa é, eu não sei. Quando vai acontecer, eu não sei."



Nostradamus relata o mesmo acontecimento com a Inglaterra.

Nostradamus fala nas duas primeiras linhas de forma bem hermética que aguas muito altas invadirão a Inglaterra e esta aguas é fruto de uma bomba nuclear que explodirá no mar.

Nas ultimas duas linhas fala da união do Eixo do Mau e é esse mesmo Eixo que será responsável por este ataque.

Quadra 70, Centúria 3.


70

A grande Bretanha inclusive a Inglaterra 

Será invadida pelas águas 

A Nova Liga de Ausonia fará guerra, 

De forma que eles irão se esforçar contra eles. 



A explosão nuclear causara um abalo cismático, ou melhor, dizendo um terremoto.

Nesta quadra na primeira e segunda linha fala das terras britânicas como um templo celta e que o Eleito Sobrinho (provável Dimitri Medvedev) pala falsa paz ou traduzindo a guerra atacará a Inglaterra e cometerá um grande assassinato.

Nas ultimas duas linhas fala que a barca será cismática, é uma alusão ao ataque às ilhas britânicas então desse ataque que e chamado de falsa liberdade virá choros e gritos de horror.

Quadra 22, Centúria 6.



22
Na terra do grande templo Celta,
Sobrinho em Londres por paz falsa assassinado,
A barca então será cismática,
Liberdade falsa será de choro e grito.


E esta quadra completa parte desse feroz ataque às ilhas britânicas.

Quadra 7, Centúria 10.



7
O grande conflito que se prepara em Nancy
O Emacio dirá todo eu submeto,
A ilha Britânica por vinho, sal em solstício,
Metade dois Fil, muito tempo não agüentará Metz.

Benjamín Solari Parravicini desenhou e escreveu esta mensagem no ano de 1948.


"Londres! A ilha está afundando."

Como sera a destruição da Inglaterra.

Com a explosão nuclear em pleno mar levantara um gigantesco turbilhão de água.



A cidade de Londres será invadida por um grande volume de água..

















Como foi falado na penúltima quadra, haverá explosão que além de levantar um turbilhão de água vai causar terremoto.

Existe uma bomba que é capaz de causar grande poder de destruição, essa bomba é chamada de bombas Tzar, é uma bomba de hidrogênio e é a mais poderosa arma já criada pelo homem. Esta bomba e de origem russa.

Haverá a necessidade de jogar essa bomba no mar pelo fato da energia dissipada ser gigantesca, causando uma gigantesca parede de água e em consequência ocorrera um grande abalo sísmico ou terremoto.

Ao jogar essa bomba por terra a aeronave o mais rápido que ela fosse não sobreviveria à destruição da bomba, mas se jogar no mar a sobrevivência poderá ser maior.







Veja aqui um pouco sobre a bomba Hidrogênio Tzar.


Na aparição de Nossa Senhora na cidade de Lourdes ela fez ela fez cinco revelações à menina Bernadette Soubirois.
Na quinta revelação, Maria de Nazaré passou a seguinte mensagem à menina Bernadette.

"Na véspera do ano 2000 (entenda-se aqui ano 2000“  como sendo o segundo milênio da era cristã ou o século 21), um combate final entre os seguidores de Maomé e as nações cristãs do mundo se desenrolará."

"Uma furiosa batalha será travada na qual 5.654.831 soldados serão mortos e uma bomba de grande poder cairá numa cidade da Pérsia ( atual Irã)."



 Esta bomba descrita por nossa senhora pode ser que venha a destruir a cidade de Teerã capital do Irã e o mais incrivel dessa profecia e o número exato de soldados mortos 5.654.831 vitimas em potencial.

O fanatismo religioso erá destruir a Pérsia.

Esta quadra fala de outro ataque a duas cidades perto de dois rios talvez esteja falando da cidade de Bagdá capital do Iraque que fica entre os rios Tigre e o rio Eufrates.  Não posso confirmar que se trata de uma cidade iraquiana.

A primeira linha fala do ataque a dois alojamentos que podem ser duas cidades e serão aniquilados por bombas nucleares.

A segunda linha diz que vários morrerão queimados e sufocados por essa bomba.

Na terceira e quarta linha fala que as duas cidades fica perto de dois rios. E na ultima linha fala que o eixo do mau será derrotado.

Quadra 35, Centúria 2.

35
O fogo a noite atingirá os dois alojamentos, 
Vários dentro sufocados e queimados. 
Acontecerá perto de dois rios como um: 
Sol, Sagitário e Capricórnio tudo estará reduzido. 



Benjamín Solari Parravicini disse em um de seus desenhos psicografados que bombas cairão próximas a Gibraltar, talvez essas bombas sejam direcionadas a Argélia a Tunísia e a Líbia.




--------------- o0o ---------------

 
Veja o que Erna Stieglitz disse em parte de suas visões.

"Por vingança, uma retaliação nuclear contra todas as cidades dos resultados dos EUA. Simultaneamente os EUA contra-atacam com armas nucleares. A distante parte da ex-União Soviética e os últimos silos de foguetes russos estão destruídos."

Nesta quadra Nostradamus diz a mesma coisa. Parece que os dois, Nostradamus e Erna Stieglitz estão em sintonia. 

Na primeira linha da quadra diz que “perto da lâmpada” que na verdade são as bombas nucleares os “toneis estão fechados” que na verdade os Silos dos foguetes atômicos estão destruídos.

A segunda linha fala que “Chivas fara para a Águia a Intriga” Traduzindo em miúdos, serão os americanos (a Águia) que causará a destruição dos Silos dos foguetes militares russos.

A terceira linha fala que o Eleito Sobrinho (provável Dimitri Medvedev) estará condenado por essa derrota e todo do seu pessoal também.

Na ultima linha fala que as esposa será raptada em Turim, para mim quer dizer que Irã e Iraque serão derrotados perto de Turim.

Quadra 8, Centúria 8.

8
Perto de Lanterna, em tonéis fechados,
Chivaz fará para a Águia a intriga,
O eleito quebrado ele suas pessoas fechadas.
Em Turim rapto esposa levada.

Estas cidades citadas na terceira linha, estão perto de Lyon na França e sentirão o poder da devastação nuclear.

Quadra 66, Centúria 1.

66

Ele que leva as notícias então, 

depois que um tempo pequeno vá, pára a respiração: 

Viviers, Tournon, Montferrand e Praddelles; 

granizo e tempestades lhes farão lamentar



A BESTA DA TERRA
Primeira fase dos ataque nucleares até a destruição dos silos de foguetes russos.

ICBM, foguetes de longo alcance do arsenal nuclear russo.









Destruição dos silos nucleares russo











Silos nucleares americanos são mais bem protegidos com o sistema de ataque antiaerio monitorado via satélite.











Erna Stieglitz também falou que depois da destruição dos silos nucleares a ultima esperança para o Eleito Sobrinho será os submarinos nucleares.

"Em setembro, há uma última tentativa desesperada de submarino russo-unidades para devastar a Europa por meio nucleares. Neste ataque, muitas cidades francesas e alemãs se transformam em um mar de fogo."

Nostradamus cita que de forma bem hermética, chamando os submarinos de peixe, é uma alusão interessante.

Ele também cita que os submarinos irão atacar a França e a Itália.

Nesta quadra fala do peixe que é o submarino e que ele é capaz de viajar debaixo no mar e por cima também. No final da segunda linha fala da “orla lisa e horrorosa” que é a bomba nuclear e depois alcançara os inimigos os destruindo.

Quadra 29, Centúria 1.


29
Quando o peixe que viaja em cima de terra e mar 
seja lançado para cima em para a orla por uma grande onda, 
sua forma estranha, liso e horroroso. 
Do mar os inimigos logo alcançam as paredes.


Nesta outra quadra, fala que o peixe que o submarino chegará perto da costa latina com certeza esta falando da costa da França e da Itália no mar mediterrâneo e atacara varias cidades francesas e italianas.

Quadra 5, Centúria 2.

5
Armas e documentos dentro do peixe 
Dele sairá o homem que fará a guerra 
Terá no mar sua frota bem armada 
Até aparecer no litoral latino.


A quadra a seguir fala do calor solar que são as bombas escondidas dentro do submarino. O mar de Negroponte talvez se refira ao submarino neste mesmo trecho fala no termo quase cozido que talvez se refira ao termo perigoso e sufocante do submarino. Então os habitantes, ou melhor, dizendo a tripulação do submarino irá atacar Gênova, no noroeste da Itália e Rodes no Sudeste da França.

 Quadra 3, Centúria 2.

3
Pelo calor solar sobre o mar,
de Negroponto os peixes quase cozidos,
Os habitantes os virão destruir,
Quando Rodes e Gênova precisarem de provisões.



O veneno escondido de baixo da cabeça do salmão com certeza e uma bomba nuclear.

Quadra 48, Centúria 2. 




48
A grande força que passará as montanhas.
Saturno em Sagitário Marte viram para o peixe:
Veneno escondido debaixo das cabeças de salmão,
O general pendurado com corda.


A BESTA DO MAR
Segunda fase, os russos vendo que os silos nucleares estão destruídos da ordem para que seus submarinos nucleares comecem a atacar a Europa Ocidental, seu ataque será direcionado a Alemanha, França e Reino Unido.











Submarino Nuclear.














Vales, montanhas serão arrasados por armas nucleares.



Cidades da Europa sentirão o horror nuclear.





A batalha nuclear entre os Estados Unidos e Rússia perdurará por sete dias. A partir  da data 13 de outubro na quinta feira da semana, a o dia 19 na quarta feira  do mesmo mês do ano de 2022. 


Como prescritos na quadra de Nostradamus quando ele fala que brilhará dois sois, o sol estelar e a luz causada por bombas nucleares.

Quadra 41, Centúria 2.

 41
A grande estrela arderá durante sete dias. 
Uma nuvem fará com que se vejam dois sóis
O grande mastim uivará durante toda a noite,
Quando o grande Pontífice mudar de residência.



Mama Shipton retrata o mesmo período de tempo da hecatombe nuclear em seus versos.
Um dragão de fogo vai cruzar o céu
Seis vezes antes desta terra morrerá
A humanidade vai tremer e assustado ser
para os arautos sexto nesta profecia.

Durante sete dias e sete noites
Homem vai assistir a este espetáculo impressionante.
As marés vão subir além do seu limite
Para morder longe das margens e, em seguida,
As montanhas começarão a rugir
E terremotos dividir a planície da costa.





---0O0---

O Poder Nuclear no livro do Apocalipse.


A Besta que subiu da terra faz descer fogo do céu. 


Apocalipse 13:12 Exerce toda a autoridade da primeira besta na sua presença; Faz com que a terra e os seus habitantes adorem a primeira besta, cuja ferida mortal fora curada.
Apocalipse 13:13 Também opera grandes sinais, de maneira que até fogo do céu faz descer à terra, diante dos homens.




    Em consequência das explosões uma vasta poeira ou cinzas cobrirão quase todo o hemisfério norte e esse gigantesco escombro nuclear será mais intenso nos céus da Europa, nos céus do norte da África e nos céus do Oriente médio, mas também atingira o céu do Oceano Atlético a parte mais a leste da Ásia e grande parte da América do norte e o Caribe.
     A partir desse momento haverá a maior mortandade de seres humanos como já mais se vera na historia humana.
     Esse momento tenebroso é conhecido como 3 dias de trevas ou 72 horas de escuridão e terror.

Veja o que Nostradamus fala desse momento de terror.

Na primeira linha dessa quadra Nostradamus explica o poder da bomba nuclear.

A segunda linha fala de varejas e gafanhotos que na verdade poder ser interpretado como nuvens radioativas e gazes venenosos.

A terceira linha fala da claridade causada pela bomba nuclear e a partir desse acontecimento nuvens radioativas cobrirão a luz do sol.

Na quarta linha fala que uma grande peste vem do poder nuclear que na verdade é uma incrível mortandade de seres humanos.

Quadra 48, Centúria 4.       

       48
Planura ausônia fértil, espaçosa,
Produzirá varejas e gafanhotos,
Claridade solar tornar-se-á nebulosa,
Roer tudo grande peste virá deles.

                                                                               
Na primeira linha dessa quadra Nostradamus cita três cidades que ficam na França.


A segunda linha fala que fogo nuclear cairá perto dessas cidades e depois chegara três noites que na verdade são três dias de trevas.

Nas ultimas duas linhas fala do poder extraordinário da bomba nuclear e o tremor que causará em um contesto geral: morte, destruição e fome.

Quadra 46, Centúria 1.


46
Próximo a Auch, Lectoure e Mirande,
Grande fogo no céu em três noites cairá,
Causa advirá bem estupenda e extraordinária,
Pouco depois a terra tremerá.



Nesta quadra Nostradamus fala que o fato ocorrerá na primavera, mas como ele gosta de destorcer os fatos de fato o grande acontecimento ocorrerá no outono.

Quadra 52, Centúria 2.

52
Durante várias noites, a Terra sacudirá. 
Durante a primavera, dois esforços sucessivos; 
Corinto e Éfeso nadarão em dois mares
Guerra movida por dois valentes de luta.



Quadra 92, Centúria 3.

92
O mundo perto do último período, 
Saturno voltará de novo tardiamente: 
Império transferiu para a nação escurecida, 
O olho arrancado fora pelo Goshawk em Narbonne. 

O granizo são as nuvens radioativas que cobrirá a terra. Garona e uma região que fica no sudeste da França, na região dos Alpes.

Quadra 2, Centúria 8.


2
Condom & Auch & em volta de Mirande,
Eu vejo do céu fogo que as cerca:
Sol Marte conjuntos em Leão, depois Marmande,
Raio grande granizo, muro tomba no Garona.

Quadra 35, Centúria 8.


35
Na entrada do Garona e Bayse,
E a floresta não longe de Damazan,
Pântanos gelados, depois granizo e vendaval,
Dordoñones gelam por erro de Mezan.

Quadra 69, Centúria 9.
69
Sobre o monte de Bailly e a Bresle
Estarão escondidos em Grenoble os ferozes.
Além de Lyon, Viena, águas tão grande granizo,
Langoult em terra ficará um terço.

O Sol é alusão à Rússia e o Touro e alusão ao Irã.

Quadra 83, Centúria 9.

83
Sol vinte de Touro tão forte terra treme,
O grande teatro repleto arruinará,
O ar céu e terra escurecidos e perturbados,
Quando ao infiel Deus e santos enrolarão.


Vamos ver o que outros profetas falam desses três dias de trevas.


Nas visões de Alois Irlamier.

"...Durante a guerra uma grande escuridão acontece, que dura 72 horas. Ficará muito escuro durante a guerra. Então um grande impacto, consistindo de um trovão e raio ecoa e um terremoto faz a terra tremer. Por favor, não saiam de casa durante este tempo. As luzes não funcionam, exceto a luz de vela, a corrente elétrica para. Quem respirar o pó tem câimbras e morre. Não abram as janelas, cubram-na completamente com papel preto. Água deixada aberta no ambiente se torna venenosa e refeições também, aquelas que não são completamente seladas. As refeições guardadas nos vidros também, pois não serão cobertas o suficiente. Lá fora o pó mortal atua, muitos seres humanos morrem. Depois de 72 horas, tudo acaba. Mas de novo: não saiam de casa, não olhem para fora de casa, não olhem para as janelas, deixem as velas acesas. E rezem. Morrerá mais humanos nesta noite do que nas duas guerras anteriores."

"...Não abram as janelas durante 72 horas. Os rios terão tão pouca água que você pode passar por eles facilmente a pé. O gado cai, a grama se torna amarela e morre, os humanos mortos vão ficar amarelos ou pretos. O vento dirige as nuvens de morte para o leste."


O que Erna Stieglitz fala sobre este momento aterrorizante em suas visões.

 "O maior perigo para a região, que é banhada pelo Mindelheim cidades e Altötting, Pfaffenhofen e Weilheim, e também Mittlebayern, é a destruição recorrente na forma de terrorismo, saques, incêndios, assassinatos e anarquia. Metrópoles enormes se tornar ladrões do agricultor! Volumes Armadas de pessoas vagam pelo país, fanáticos, assassinos, psicopatas e grupos criminosos.. É como nunca antes, exceto talvez na Guerra dos Trinta Anos, a existência é assustador. E tudo isto acompanhado pela nuvem de veneno que, no final, extingue um terço de toda a humanidade! "

O que dizem os desenhos proféticos, psicografados de Benjamín Solari Parravicini.

"Um planeta será ferido por um planeta apagado que roda os espaços. Esse planeta será a terra. A ferida do choque será na parte sul do hemisfério Norte e arrancará grande parte. Então o mundo terra vai tremer como um vulcão, igual a quando foi arrancado o pedaço da "América do Sul" hoje chamado no alto de "Suna". De novo o diluvio de novo a escuridão, de novo o eixo em seu lugar, de novo o rodar e um novo mar no fosso deixado, e de novo outra lua que brilhará mais.
A 'Amnis". (1938)


"Escuridão total. Depois do Caos do caribe um só olho verá desde a única palmeira e verá a luz do
Sul. Mudanças totais no eixo terráqueo, mas o Sul será sempre o Sul..." (1938)
"


"CATACLISMO, HUMANIDADE VENCIDA, O cataclismo será predito mas ninguem acreditará.
Mas chegará!" (1938)



"Cai sobre a terra no dia 5 do 5 de cincos o golpe de fogo estelar. Cairá nas regiões de Gibraltar e
nas ilhas Baleares. Três dias lá, dois na América do Norte e, finalmente, um dia de cinco horas nas
Antilhas. O fogo purificará!" (1938)

Na visão Profética de Sibila de Praga.

"Nuvens imensas escurecem a Terra, envolvendo-a em gelo e escuridão. No dia de Santa Verônica, a humanidade lança um grito de espanto e terror". 

Nos versos proféticos do Mago Ladino.

"Quando o homem conhecer o fogo solar

a humanidade vai correr um perigo mortal.



Duas serão as cidades imperiais



a conhecer os funerais.



A cidade nova e a cidade negra



serão queimadas na primavera.



Do sol da morte ao sol da vida;



o raio de sol curará a ferida.



Com o raio de sol falarão os gentios,



através dos mares, das montanhas, dos ventos.



E o raio de sol conservará as memórias



de povos inteiros. E de suas glórias."



Agora os versos que dizem respeito ao futuro:



"A grande seca levantará a poeira,



Europa e Ásia devastadas por um vendaval.



Depois, muito rápido chegará à chuva,



mas será pior do que o veneno.



No céu, sobre as nuvens, vagueia a morte,



que cai com a água sobre toda a corte.


Veneno a chuva, veneno a terra, veneno a planta:

na torre quadrada a coruja canta.

Cada gota de chuva é uma carícia fatal

porque prepara um funeral.

Essa água branca supera toda a fantasia

e conclui a limpeza."

"Sete chagas na idade estelar

cairão sobre a colmeia humana.

Estéril será o homem e estéril a terra;

pão e solidão serão uma guerra.

Estéril será o coração:

faltará o complemento da paixão.

Veneno será o ar, a água e o gramado;

o mundo todo está envenenado.

A peste verde explodirá no aparador,

quando o mundo for um poço de violência.

A última chaga sangrenta

será a Babel da fala."


O camponês alemão Franz Kuzelberg em 1922 teve a seguinte visão sobre os três dias de trevas: 

"Trevas por três dias e três noites. Começa com um terrível estrondo de trovão e um terremoto. Não se pode comer nem dormir, somente rezar. Ardem somente velas bentas. Relâmpagos penetram nas casas; ouvem-se terríveis imprecações do demônio. Terremotos, trovões, som do mar. Quem olhar, por curiosidade, pela janela, não escapará da morte. Adora-se o Preciosíssimo Sangue de Jesus e invoca-se a Virgem Maria. Os demônios agarram os ímpios ainda vivos no corpo e estes inutilmente suplicam para serem deixados ainda em vida. Reina a peste: notam-se manchas pretas sobre os braços. Vapores sulfúreos em toda parte, como se o Inferno todo se tivesse desencadeado. (...) Uma cruz aparece no céu, sinal do fim das trevas. A terra é como um imenso cemitério, como um deserto. Os homens estão apavorados ao saírem de casa. Os cadáveres são recolhidos sobre carros e sepultados em valas comuns. Não viajam nem trens, nem navios, nem automóveis num primeiro tempo. As fábricas silenciam, porque não há ninguém para colocar as máquinas em funcionamento." 

A vidente Patrícia Talbot do Equador, a aparição de Maria falou em 1988:


"A terra sairá de sua órbita durante três dias. (...) Nesses dias, as famílias deverão se manter em oração contínua. (...) Durante esses três dias de trevas, não devemos abrir a porta da casa a ninguém, mas simplesmente seguir rezando. A Virgem disse também que será melhor não olharmos pelas janelas, para não vermos a justiça de Deus caindo sobre o povo". 

Josef Stockert, profetizou. (1947): 

“O grande desastre começará naturalmente e terminará sobrenaturalmente. Lembrem-se do que isto significa; naturalmente e sobrenaturalmente! Deus intervirá. A terra é lançada fora de seu curso e o sol não dará luz. As trevas estarão sobre todo o globo por setenta e duas horas. Durante estas trevas, nenhuma luz acenderá, exceto a luz das velas sagradas e com fé, que estão preservadas para todos que foram leais à solicitação da Deusa Mãe. Os cristãos verdadeiros fecharão e cobrirão as janelas e as portas durante esta época e se unirão ao redor da cruz e da imagem da santíssima virgem, para rezar. (...) Não olhe para fora da janela e não tenha curiosidade de ver o que está acontecendo do lado de fora, caso contrário você morre!”  


Irmã italiana Elena Aiello (1954): 



"Nuvens com raios e uma tempestade de fogo passarão sobre o mundo e o açoite será o mais terrível que conheceu a história humana. Durará 70 horas. Então se fará sentir o poder da luz sobre as trevas." 



A aparição da Virgem Maria, a Veronica Lueken, Nova Iorque, EUA:


"Oh, oh! Vejo uma coisa enorme, parece uma bola. É toda vermelha e lança fogo em várias direções. Já sinto seu calor. Agora se aproxima, chocou-se! Chocou-se! Posso ver como tudo desaba. Os edifícios desabam. Ouço pessoas gritando. E tudo se torna muito escuro. As pessoas correm. Na escuridão. Não sabem que direção tomar. Vejo grandes pedaços de rochas caindo sobre os que passam na rua. Por todo lado há sangue e pessoas implorando misericórdia. Vejo um homem segurando uma cruz. E uma forte voz gritando: 'Três dias... três dias'" (1972)

"Havia cidades em chamas, gente correndo e caindo. A esfera girava rapidamente, desprendendo uma nuvem de faíscas. As ondas do mar subiam, subiam, recaindo sobre a terra firme., sobre Nova Iorque. (...) A bola aproxima-se (...) À medida que se aproxima, produz muito calor. (...) As águas sobem muito alto, 14 a 15 vezes mais que as ondas normais, provocando inundações nas terras baixas da costa (...) os edifícios caem (...) Vejo três quartas partes do mundo ficarem escuras (...) A esfera não foi retirada de seu curso. Um imenso holocausto atmosférico se realizará no mundo. Os mares entrarão em grande agitação." (1973)  


O Irmão franciscano David Lopez recebeu uma mensagem em 1987. 



"Não temas pelos três dias de trevas que virão sobre a terra; os que procuram viver minhas mensagens e levam vida de oração serão alertados por uma voz interior, entre três e uma semana antes." 



E a muito mais Profecias falando desses três dias de trevas.

Não se sabe, mas talvez mais de 2 bilhões de pessoas pereçam com esse acontecimento.



É provável que os céus fique da mesma com que esta sendo causado por uma erupção vulcânica.

Londres destruída e debaixo de trevas.









Veja como ficaria o mundo encoberto por escombro nuclear.




Pelos relatos de Benjamín Solari Parravicini o hemisfério sul não será afetado pelas nuvens nucleares.

Da primeira a sétima trombeta do livro do Apocalipse parece mostrar esse mesmo acontecimento.

Depois que a escuridão passar um desastre horroroso ocorrerá.

Erna Stieglitz em suas visões fala o que ocorrera com o Eixo do Mau.

 "O ataque do exército vermelho na Europa está quebrada e feriu mais ainda, o exército russo destruído. As perdas da Rússia para as suas colunas de exército sozinho será de sete milhões de pessoas; difícil de acreditar uma demanda tão elevada de sangue para um povo que tinha caído fora na medida do materialismo dialético, por uma segunda vez."

Nostradamus disse a mesma coisa nesta quadra que já foi publicada aqui anteriormente.

Os inimigos do Eixo do Mau terão uma perda de sete milhões de soldados e oficiais nos campos de batalha e muito provavelmente que seja a Rússia sozinha como previsto por Erna Stieglitz.

O termo, sétimo milhão na terceira linha na verdade fala dos sete milhões de soldados mortos.

Quadra 34, Centúria 8.

34
Após vitória do Leão em Lyon,
Sobre a montanha do Jura Hecatombe,
Delves e Brodes sétimo milhão,
Lyon, Ulm, em Mansol morte e túmulo.

A partir dai os Russos são derrotados na grande batalha de Ulm.


Alois Irlmaier disse que grande parte o exército não voltara para casa, será aniquilada.


Veja o relato de Nostradamus nas ultimas quadra. Ele visualiza o terror por varias áreas de devastação e morte causadas pelo cataclismo que ceifara centenas de milhões a bilhões de vidas por vários lugares da Europa.

Quadra 60, Centúria 10.

60

Choro por Nice, Mônaco, Pisa, Gênova,

Savona, Siena, Capua, Modena, a Malta,

Em cima sangue e aço por acréscimo:

Fogo, tremor de terra, água, desgraça não desejada


Quadra 64, Centúria 10.

64
Chora Milão, chora Lucca, Florença,
Que teu grande Duque sobre o carro subirá,
Mudar a sede tomada de Veneza se antecipa.
Enquanto que Colônia em Roma mudará.


No momento em que estiver ocorrendo a grande tribulação por volta do mês de agosto, ou setembro, ou outubro poderá vir a ocorrer à passagem de um cometa que algumas profecias a chamam de estrela azul. Nostradamus cita em suas quadras a passagem de um cometa no momento em que ocorrerá a grande tribulação ou terceira guerra mundial.


Alguns profetas chamam o cometa de estrela azul.

Esta quadra de Nostradamus fala o que ocorrera logo apos a hecatombe.

Quadra 16, Centúria 5.


16
Quando o preço da gota de Sabá 
não mais se puder manter no ponto máximo, 
na época em que cadáveres humanos forem calcinados pelo fogo, 
e a ilha do Faros for inquietada por cruzadores, 
aparecerá em Rodos temível espectro de terror. 



   Logo as Nuvens se dissiparão, a mortandade de pessoas, plantas e animais será incrível como jamais se verá no período história humana.
    Além do ar, terra e os leitos de águas estarem envenenados por substâncias químicas e radioativas, a putrefação de corpos só irá agravar o problema da contaminação principalmente das águas.
    A fome chegara e será incrível por toda a terra devastada principalmente na Europa, no norte da África e por quase toda a Ásia a começar pelo Oriente Médio.


Esta quadra fala da grande fome que se abaterá logo após a grande hecatombe nuclear.

Nostradamus fala que a fome começara bem antes. Esta fome já é vista há algum tempo ate o momento de agora. A fome esta nas favelas, no nordeste brasileiro, na África, na Ásia, na índia e em outras partes do mundo no período do momento atual.

Logo após a grande devastação nuclear a fome será universal para os poucos sobreviventes como descrito nesta quadra de Nostradamus.

No final a fome será tanta que haverá ate mesmo canibalismo das pessoas como descrito na ultima linha.

Quadra 67, Centúria 1.


67

A grande fome que vejo aproximar-se 

faz-se sentir ora aqui, ora ali, mas depois é universal. 

Será tão grande e prolongada que arrancarão 

as raízes dos troncos, e o infante do seio materno



E muito provável que esta quadra descreva o tamanho da extensão das perdas humanas sobre a terra.

Na ultima linha fala do oculto que provavelmente será a o livro profético de Nostradamus sendo censurado por autoridades e religiosos.

Quadra 81, Centúria 1.


81
Nove serão excluídos do rebanho humano 
Independente de julgamento e consulta 
Sua destruição acontecerá na partida... 
A fruta verde será a fonte do grande escândalo 
Grande censura, a outro grande culto.



Cidades devastadas




Florestas e animais mortos e rios, fontes e lagos contaminados




Próxima pagina





Caixa de Comentario